Realização
Arte do logo:  Ricardo Ribeiro da Silva e Andrea Mara Pinheiro / Web design: Bernardo Tomchinsky e Ricardo Matos / Fotografia: Glenn Shepard
 
Promoção
Patrocínio
Apoio

Nos moldes do Fórum Social Mundial, o BELÉM + 30 proporcionará um grande encontro internacional entre os povos e comunidades tradicionais, pesquisadores e a população em geral, onde os participantes socializarão os avanços científicos, éticos e jurídicos ao longo das últimas três décadas. O evento também se propõe debater e alertar sobre as atuais ameaças à sociobiodiversidade do planeta.

SAIBA UM POUCO SOBRE A FEIRA MUNDIAL DA SOCIOBIODIVERSIDADE

Reunir representantes de diferentes comunidades tradicionais do Brasil e do mundo com pesquisadores, acadêmicos e gestores para propiciar diálogos interdisciplinares e interculturais sobre e salvaguarda dos recursos naturais e o patrimônio cultural.

Promover a troca de variedades agrícolas entre agricultores tradicionais e oferecer oportunidades de intercâmbio e contato cultural dos participantes do evento e o público local com a diversidade de produtos extrativistas, artesanatos e manifestações culturais.

Produtos da Sociobiodiversidade - A feira contará com estandes de venda e escambo de produtos, promovendo a divulgação e comércio justo dos produtos dos povos tradicionais.

Festival Intercultural – Com o objetivo de promover a divulgação e valorização da diversidade cultural dos povos tradicionais, contará com apresentações musicais, de dança, teatro e outras manifestações, incluindo destaques da cultura paraense como carimbó, lundu, marujada, guitarrada, capoeira, tambor de crioula, cordão de pássaros, tambor de crioula, etc..

Cultura Alimentar e Gastronomia – Esta área da feira visa promover e valorizar a culinária e práticas culturais regionais relacionadas à alimentação. Em 2015, Belém foi eleita Cidade Criativa da Gastronomia pela UNESCO, dando uma visibilidade internacional para o estado do Pará como pólo de turismo gastronômico. O Pavilhão proporcionará ao visitante uma oportunidade de degustar a culinária regional e entender a importância das práticas de manejo sustentável e economia solidária. Haverá a disponibilidade de estandes para venda, degustação e divulgação científica e turística.

Etnozito - Zito é o sufixo preferido na linguagem popular Paraense para designar, carinhosamente, diminutivos. O Etnozito será um encontro de crianças de todos os povos e etnias que estarão presentes no XVI Congresso da Sociedade Internacional de Etnobiologia e no XII Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia.  Paralelamente à programação do Evento, os Zitinhos farão suas trocas de saberes e fazeres. Teremos momentos de descontração e aprendizagem mútuas, facilitadas por graduandos de diversos cursos e artistas parauaras e coordenados pelo Grupo de Estudos Socioambientais Costeiros (ESAC). As oficinas diárias culminarão com socializações na arena de todos os povos. E ainda teremos o “Espaço Pai d’égua”, onde os pequenos simposistas do Etnozito poderão expressar sua criatividade livremente. Indicação de faixa etária:  a partir de seis anos.

Para maiores informações deixe sua mensagem que entraremos em contato

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now